Mulheres em mim

WhatsApp Image 2019-03-26 at 17.04.04

Numa tarde preguiçosa em casa, assistindo Jovens Titãs em Ação, parei em um episódio onde cada personagem é dividido em outros cinco, e cada parte representa um aspecto da sua personalidade. Não consegui evitar a pergunta: e se eu fosse dividida em cinco partes, quais “eus” se formariam? Uma estudiosa, cercada de livros e cadernos ao redor. Outra engraçada, que passaria o dia distribuindo memes. Talvez uma irritada, uma pervertida e uma comilona completassem o quadro. Mas eu ainda consigo pensar em outras centenas. Se definir é sempre uma tarefa difícil.

Há alguns anos, tive uma série de rompimentos complicados: fim de um relacionamento tenso, perdi amigos, e o pior de tudo, rompi com muitas das minhas crenças e hábitos. O lado bom é que foi como se eu tivesse uma folha em branco, onde eu podia escrever sobre a minha vida o que eu quisesse. O ruim é que ter muitas opções me deixou sem saber por onde começar. Fiz muitos caminhos de passos tortos, do jeitinho que eu sabia andar. Leia mais… »

Evaporar

averie-woodard-114293-unsplash (1) (Copy)

Da primeira vez que Renata apanhou do marido, o tapa não doeu tanto na carne. O corpo já estava calejado pela vida, pelo peso dos filhos, dos dois empregos, das faxinas. A dor foi dentro, ao ver os olhos enfurecidos do homem que prometera amá-la sem ressalvas. Robson, um cara tranquilo, carinhoso, dedicado. Foi um choque.

Manteve o episódio em segredo, principalmente depois que Robson passou a ser carinhoso como nunca. Era como se naquele dia ele estivesse possuído por algum espírito maligno. Renata rezou, e por dois anos tentou passar uma borracha em sua alma, apagando a marca dos dedos do marido.  Leia mais… »

Pertencimento

dress (Copy)

A dona do meu corpo sou eu.

Sou a única habitante deste território delimitado por cicatrizes, vivências, sonhos, memórias. Suas paisagens são minha história, cachoeiras, matas, casas em escombros e prédios em construção, estradas bifurcadas e salas vazias.

Nele, não há democracia. Sou imperatriz, rainha, comandante suprema de minhas células, sou eu quem dita as regras de convivência no meu país independente e os caminhos que me farão feliz.

Mas não é isso que o mundo me diz. Leia mais… »

A menina mais inteligente da sala

jamie-taylor-24927 (Copy)

Vanessa e Manuela são amigas inseparáveis. Desde os cinco anos de idade, quando seus pais se tornaram vizinhos, as duas meninas compartilham momentos, roupas, viagens, festas, cinemas, decepções. Na escola, andam sempre juntas, em seu universo particular, onde só existem os sonhos de fazer um mochilão pela Europa, a paixão por John Mayer e por brigadeiro com leite em pó. As amigas têm até uma linguagem secreta, indecifrável, aprimorada ao longo dos anos. Passam longas tardes assistindo aos seriados favoritos, admirando vitrines no shopping, traçando planos para o futuro nos cadernos escolares e sussurrando segredos entre os dentes enfeitados pelos aparelhos que colocaram no mesmo dia.

Seus pais acham graça ao vê-las vestidas com roupas parecidas, como se fossem irmãs gêmeas. Algumas pessoas se confundem ao cumprimentá-las, por serem tão semelhantes em sua maneira de agir e de se vestir. Uma é quase a extensão da outra. Exceto pelo fato de Manuela sempre tirar as notas mais altas da sala. Leia mais… »

O que os olhos veem o coração não suporta

25393976_1764264773585839_1459776725_n (1)

Começa assim:

Vocês se conhecem e o tempo do amor magro e autoestima zero meio que evapora. Com ele você esquece das baladas solitárias, dos telefonemas prometidos e dos papos mais rasos que a reserva da Cantareira em período de seca. Ele é gentil, gostoso, abraça forte, pega com jeito. Como não se render?

Os amigos aplaudem a felicidade, a família só falta gritar Aleluia. Os olhos verdes do lindo faíscam quando vocês se encontram, você floresce com tanto namoro, beijo, sexo gostoso. O tempo do desabrochar chegou.

É lindo o que pensam de vocês, o que veem em vocês.

Feio é o que você não tem coragem de postar no Facebook. Leia mais… »