Dica de E-book : Lobos Brancos Entre Ovelhas

Antes de começar essa resenha tenho que fazer uma confissão: até o ano passado nunca havia lido um e-book e não simpatizava muito com a ideia de trocar um livro físico por uma cópia digital. Mas,como em 2016 eu havia derrubado um outro preconceito meu – de não gostar de ler e alugar livros livros de biblioteca (salvos os para estudo, na época da faculdade)- resolvi que esse ano daria uma chance para esse novo formato de leitura e um dos meus projetos literários de 2017 é ler a cada dois meses pelo menos um livro digital para fazer um texto para o blog.

Mas, resolvi estabelecer algumas regras antes de começar a minha nova experiência. Então, o livro avaliado deve :

  • Ser escrito por um mulher. – Afinal de contas, esse é um blog de emponderamento feminino.
  • Ser de uma autora que não é famosa.   – A intenção dessa regra é dar espaço para divulgar o trabalho de pequenas escritoras para que elas possam alcançar um público maior.
  • Ter uma história que não seja clichê e/ou seja sexista. – O enredo não precisa ser feminista, mas, como falei antes,não vamos ficar dando dica de mais um livro que não tem nada a ver com a nossa linha editorial.
  • Custar menos de R$5,99. – O preço deve ser acessível e também confesso que não sou muito fã da ideia de ficar pagando um preço muito alto por uma cópia digital.

Para estrear essa nova coluna bimestral, vou na verdade dar uma trapaceada e indicar o último e-book que li em 2016 :” Lobos Brancos Entre Ovelhas”, da Natalia Smirnova Moraes. Se você já acompanha o blog, já deve ter visto o nome dela por aqui, principalmente relacionado ao seu primeiro livro, “O Saotur”. Escrito para concorrer no Prêmio Kindle de Literatura, o enredo de  “Lobos Brancos” se passa em um reino medieval fictício e conta a história de Roury, a obstinada filha de um Hahlock, uma espécie de curandeiro. Órfã de mãe, a jovem ajuda o pai a criar Jukka, seu pequeno e travesso irmão caçula, enquanto seu vilarejo passa por um período de constantes invasões bárbaras. Sua vida muda radicalmente quando conhece um misterioso flautista que parece estar de alguma forma conectado com esses ataques. Não pretendo dizer mais do que isso sobre a sinopse do livro, pois se passar desse ponto vou estragar a melhor parte da história, que é o mistério que gira em torno desse músico cheio de segredos.

16130080_1238562369568593_1695392011_oA escrita da Natália é simples, porém envolvente. A autora consegue criar um gancho no final dos capítulos que te prende à narrativa e te faz devorar rapidamente uma página atrás da outra, deixando o leitor ansioso para saber qual será o destino da jovem Roury e as respostas para todas as suas perguntas.O desenvolvimento e o carisma dos personagens também são outros dois pontos fortes da obra, pois já no segundo capítulo você se encontra cativado pela garota e sua família.

Outro chamariz do livro é a sua protagonista. Ao contrário da maioria das camponesas em romances medievais, Roury não é uma dama indefesa procurando por um herói que possa salvá-la daquela vida ou que solucione todos os seus problemas. Como toda personagem que é obrigada a carregar um grande fardo e a ter grandes responsabilidades muito cedo na vida, ela se torna uma jovem mulher valente, prática e extremamente perseverante. Mesmo não sendo o tipo de heroína que se encaixa no perfil da donzela-guerreira, ela ainda consegue ter um forte espírito de liderança e uma de suas maiores armas é a sua inteligência, que é uma peça fundamental no desenrolar da história. Outra questão muito interessante sobre ela é que, por mais que sua jornada tenha um espaço para um romance – que é um fator importante dentro da trama-, sua narrativa na verdade é baseada na vingança pessoal e na busca por justiça para o seu vilarejo.

O e-book é uma ótima recomendação para quem gosta de uma trama recheada de enigmas e reviravoltas, porém possui um defeito: tem menos de 300 páginas – a quantidade de laudas pode variar de acordo com a formatação do seu dispositivo. A história flui em um piscar de olhos e quando você menos espera, já está a poucas páginas do capítulo final. Confesso que leria mais 100 páginas sem fazer esforço ou reclamar, mas, para quem gosta de ler livros grossos, talvez isso seja um pequeno diferencial. Não considero que esse fator seja algo que estrague a experiência do leitor, mas com certeza pode deixar algumas pessoas com essa mesma impressão de que, se ele fosse maior, seria melhor ainda. Para aqueles que não se importam com essa questão, “Lobos Brancos Entre Ovelhas” pode ser até uma boa opção para quem está procurando uma leitura rápida – eu mesma terminei de ler o livro em menos de poucas horas.

Antes de finalizar, um aviso para as mais recatadas : o livro contém trechos de momentos calientes entres alguns personagens.Para quem gosta, as partes eróticas são escritas com maestria e riqueza de detalhes, porém sem ser cafona a lá “50 Tons de Cinza”. As fãs da trilogia escrita por E.L. James que me desculpem pelo comentário anterior, mas não gosto de narrativas onde as cenas de sexo protagonizadas por uma mulher são descritas de uma forma muito infantilizada ou cheia de esteriótipos.

Se você se interessou por “Lobos Brancos Entre Ovelhas”, você pode comprar o livro através desse link. Caso você não tenha um leitor digital, você pode baixar o aplicativo Amazon Kindle na Google Store ou na Apple Store para poder ler a obra no seu tablet ou smartphone.

Texto por Laís Sauerbronn

562781_479354222076907_2097871124_n

Laís é formada em Cinema e Audiovisual pela Universidade Federal Fluminense. Resolveu fazer um curso de Jornalismo Cultural e criar um blog onde pudesse compartilhar textos de outras mulheres tão diferentes e opinativas quanto ela. Nerd de carteirinha, amante de livros e filmes. Nasceu ligada nos 220 volts e é uma implicante nata, sempre pronta para dar sua opinião, por mais polêmica que ela seja.

 

2 comentários sobre “Dica de E-book : Lobos Brancos Entre Ovelhas

  1. Adorei a ideia da coluna sobre livros. Precisamos mesmo ler mais mulheres e divulgar seus trabalhos.
    Assim que entrar de férias, vou separar vários para ler. Com certeza incluirei esse na lista! 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *