Mulheres possíveis – as verdadeiras heroínas

mike-wilson-195741

O tema da representatividade está em voga. E não é à toa – de fato, precisamos de mais mulheres e de mais diversidade na ficção e nos meios de comunicação. Principalmente nas histórias e nos conteúdos voltados para crianças e jovens.

A representatividade é essencial para mostrar que nós mulheres somos incríveis e capazes de obter grandes conquistas. É urgente que sejamos retratadas como muito mais do que meras princesas ou donzelas em busca de um príncipe.

Saindo do universo dos contos de fadas, estamos ganhando espaço em narrativas que antes eram consideradas como masculinas. Isso é muito saudável, pois o mundo está acostumado a associar o heroísmo ao homem, e sabemos que isso não passa de um equívoco.

O nosso imaginário necessita de arquétipos, semelhantes aos das heroínas como a Mulher Maravilha, para que possamos construir a figura mítica da pessoa que inconscientemente desejamos nos tornar. Através destas heroínas, vivemos nossas fantasias infantis e adolescentes. Elas são tudo o que gostaríamos de ser. Leia mais… »